Aprender Japonês Com: Amnesia Memories

image

Note: English version here.

Ora boas, decidi começar a tentar escrever na minha língua materna (Português) estes posts sobre aprender línguas/Japonés com otome pois reparei que nao existe quase conteúdo nenhum e é uma pena. Em Inglês há muito mais do que em Português. Nunca escrevi muito em Português, sem ser para a escola e casual nas redes sociais, e por isso isto também é para me ajudar a escrever melhor. Se tornarem populares, ou alguém queira outros posts que já fiz, irei expandir, mas irá depender se querem.

Isto não é bem uma tradução directa do que escrevi originalmente, mas sim eu a escrever em português com a versão inglesa como uma guia geral, mas escrita como hoje actualmente teria escrito em vez de como escrevi em 2016. Sinceramente já nem gosto muito do que escrevi originalmente, a minha escrita mudou e a minha maneira de exprimir também, especialmente em inglês.

Informação

Antes demais quero partilhar com vocês o percurso que me levou a escolher este jogo e a voltar a estudar Japonês em 2015/6. Nessa altura descobri que o site Memrise tinha uma app Android, na qual fiz review aqui (Inglês). Eu já tinha usado o website antes, e tinha gostado mais do que o famoso Anki porque não gosto do design nem da aparência. O Memrise usa flores e plantas e pins bonitos na sua aparência, o que me atrai bastante (⌒▽⌒)

Eu já tinha tentado jogar a este jogo quando descobri que tinha todos os critérios que queria num jogo: é completamente narrado, e não tem quase monólogos ou partes que não sejam narradas. Mas não correu lá muito bem, mas em Dezembro de 2015 com o Memrise, já consegui.

Uma coisa que me ajudou bastante foi que já tinha tentado aprender Japonês anteriormente, por isso já sabia ler Hiragana e Katakana, e também os anos que levei a ver anime legendado fez com que eu percebesse bastante só através do áudio.

Admito já que não tenho muita paciência e saltitei imenso de curso em curso sem completar à medida que fui aprendendo como gosto mais de aprender. Primeiro fiz JLPT Kanji que é de Inglês para Kanji, e o qual fiz até ao fim do N4, mas depois desisti porque sabia o que significava mas não como os ler. Mudei para o Joyo Kanji, mas também era de Inglês para Kanji. Mudei para um que era de Inglês para Kana, e Kana para Kanji, e gostei do sistema mais do que dos outros sistemas. Sinto que estou a aprender algo, ao contrário de quando fiz só saber o significado em inglês dos kanji.

image

Opinião do jogo e das personagens e da dificuldade

Toma

Eu já sabia spoilers sobre o Toma, por isso decidi fazer as personagens de que menos gostava para a que mais gostava e sabia que não ia gostar dele, então escolhi-o primeiro. Foi bastante bom ter escolhido ele primeiro, a personagem principal só faz dormir e comer, e pouco mais durante a maior parte da história dele. Nem tive de ir muito ao dicionário para perceber, tirando algumas cenas que não eram dormir e comer.

Spoiler: Quando veio a cena da jaula de cão admito que desmanchei-me a rir, porque nem é muito lógico nem realista que ele levou para o apartamento uma jaula grande o suficiente para ela caber sem ninguém dos vizinhos reparar ou dizer algo. E não só ele é yandere, como também é um tanto cego, só reparou no quanto ela era bonita, no cabelo e dedos dela depois que a enjaulou.

Grau de dificuldade do Japonês (considerando que nem tinha acabado de estudar o curso de N5 no Memrise): 1 de 5

Ikki

Bastante contente de ter percebido tudo e de ter corrido bem com o Toma, escolhi o Ikki porque sabia que não ia gostar. Não gosto de casanovas, e ele tem todo o ar de ser um fuckboy de primeira. Ninguém me avisou que não só ele é um fuckboy, como ele também é enganoso e manipulador. Tive de parar umas quantas vezes antes que fosse partir a minha PSP de raiva. Sozinho com a personagem principal ele é todo melanço e fofinho, em frente do grupo de fãs dele, que gosto de chamar fuckgirls, ele é frio e inclusive humilha-a várias vezes. Não gosto de personagens falsas e de duas caras assim.

O pessoal no twitter disse que eu estava a entender mal ele e as suas acções pela minha falta de conhecimento de Japonês. Chateada com isso, fui fazer o N5 durante 2 semanas para perceber ele e a sua história melhor. Odiei-o ainda mais ao recomeçar e perceber mais. Como disse, ele age frio e cruel com ela em público, que acabei por desgostar dele mais do que do Toma. Eu desgostei tanto que as escolhas que fiz foram tão acertadas que a primeira vez que joguei passei ao lado da história toda, e fui parar a um fim que era suposto ter tido cenas que aconteceram antes para explicar porque é que eles tinham se separado e já não estavam a namorar (⌒▽⌒)

A história dele também foi mais complexa, e um tanto ridícula com o poder dele dos olhos fazer tudo o que é fêmea apaixonar-se por ele excepto a personagem principal. Tudo bem que esta história em si tem na sua base uma história de fantasia com o facto do Orion ser um espirito (eu pensei que ele fosse um alien mas shhh) e a razão pela qual ela perdeu as memórias, visto que ele está dentro dela, mas fora isso o jogo raramente é mágico. E o Waka também fala muito mais complexo e difícil, de verdade não percebi nada do que ele dizia.

Grau de dificuldade: 3 de 5

Shin

O Shin foi aquele que me intrigou e interessou nos posters e imagens de promoção, mas como li que a história dele era um tanto desapontante decidi ir com ele em terceiro lugar. De facto, como tinha lido, a história do Shin é bastante interessante e envolvente mas peca pelo facto que o Shin desaparece durante imenso tempo da história. Se ele tivesse estado o tempo todo na história, ele teria-se tornado no meu favorito. Assim foi uma história de mistério e resolver boa, mas que faltou a personagem para mais momentos de romance ou de interação.

Embora tenha mais mistério e suspense, não achei de facto a história dele difícil de ler.

Grau de dificuldade: 2 de 5

Kent

O Kent é a minha personagem favorita depois do Orion, Orion é imbatível ele é tão fofo aah, porque ele é bastante amoroso debaixo da frieza analítica. Ele de verdade é simplesmente um algo envergonhado e não sabe como dizer as coisas da forma certa. Por ele ser extremamente inteligente e analitico, tudo o que ele fala é um tanto…difícil de ler e perceber. Mas ei, as cenas de romance com ele são fáceis de ler, que é o que é importante wahaha! 😀

Embora tenha-me posto a estudar para tentar percebe-lo melhor, mesmo com N4 foi um tanto inútil

Grau de dificuldade: 5 de 5. Se calhar até 6 de 5 www

Ukyo

Eu sabia que não ia gostar muito do Ukyo pela quantidade de vezes que ele mata a personagem principal nas outras histórias, mas como ele é uma personagem trancada e que só pode-se jogar depois de ter o fim bom de todos os outros, lá ele teve de ser o último que joguei. Gostei da história e até explicou o porquê de haver 5 histórias diferentes que se pode escolher, mas não fiquei apaixonada por ele e até achei que a história podia ter sido melhor.

Verdadeiramente fiquei WTF e surpreendida de a história dele ser super fácil e compreensível de perceber. Estava preparada para ter de ir estudar até ao fim do mundo depois do Kent, mas não tive de fazer nada. Nem tive de quase ir ao dicionário pois percebia o áudio.

Grau de dificuldade: 2 de 5

Personagem principal

Ela tem uns monólogos e algumas falas no fim de cada história, quando finalmente ganha a memória de volta (e também personalidade). Ao fim do jogo, já lia mais ou menos o que aparecia, mas não fiz as Side Stories do jogo pois era 100% monólogo da parte dela, e é mais difícil porque sem áudio para identificar e procurar no dicionário torna-se mais chato.

Conclusão Final

Grau de dificuldade vai de 1 a 5, dependendo das personagens. Recomendo a Iniciantes que tenham bastante vocabulário, ou bom entendimento auditivo, é bastante adequado para quem não conhece kanji mas percebe algum japonês falado.

Rank de mais fácil ao mais difícil: Toma; Ukyo; Shin; Ikki; Kent

Rank pessoal das personagens: Orion; Kent >> Shin >>>>>>>> Toma (teve uns CG’s giros dele em puto que o fez mais fofo e ganhar alguns pontos extras) > Ikki >>>>>>> O clube de fãs do Ikki/Rikka

Com isso, completei o meu primeiro jogo em Japonês, o que foi uma vitória e soube-me bem.

Espero que isto ajude aos outros que estejam a tentar aprender japones por causa destes jogos, ou só porque querem ter algumas recomendações de jogos para iniciantes.

Espero que tenham gostado, pois eu gostei de poder dar os meus pensamentos sobre o jogo duma estructura e maneira diferente do que fiz há 2 anos atrás, e na minha língua nativa.

Se quiserem que faça mais deste tipo de posts, comentem e partilhem. Ficarei agradecida.

Boa aprendizagem, e muito joganço!

Já conhecias ou jogaste a este jogo? Se sim, qual é as tuas personagens favoritas? Estás a aprender Japonês por causa dos jogos otome também? Conta-me tudo!

Buy Me a Coffee at ko-fi.com

Advertisements

*:・゚✧Manga Spotlight: Earthian is a Classic BL You Have to Experience

It’s present day, and Archangel Michael is fed up with the pathetic development of the human species. The angels, in their world high above ours, have been given the choice between destroying or preserving humanity. This will be decided by having “Plus Checkers” looking for good points and “Minus Checkers” looking for bad points, and whichever finds 10,000 points first decides the outcome. Chihaya and Kagetsuya are angels who have known each other since their days at military school in Eden, and having taken up opposing sides of this “good vs. bad points” checking system, are teamed together during their stay on Earth.

However, Chihaya is unusual even by angelic standards—he has black hair, eyes and wings. He’s one-of-a-kind, unusually powerful in spite of his naive demeanor (much to Kagetsuya’s dismay), but set apart from his angel kin…until the Black Cancer strikes the heavenly population, darkening the wings and hair of its victims before spiraling them down into painful death. Tension builds among the angels and between Chihaya and Kagetsuya in particular, and it looks as if the secrets to the salvation or destruction of both Earth and Eden may lie with Chihaya himself.

From MAL

Written by Yun Kōga
Published by Shinshokan
English publisher BLU
Volumes 5

This might sound like such a simple story of angels and plus and minus checking, but the truth is there a an incredible depth to the story, to the narrative it tells.

Homosexual love is just one, extinction of animals, global warming, predujice, racism, they’re all talked about, approached with such a sensitivity. Yun Kouga comes from a place that clearly says she is passionate about these themes, and how she delivers them poignantly.

This is both a dreamers tale and a rude awakening to those that look away from reality.

This is no common manga, and it is exactly for that reason that it stands out and is one of my favorites ever.

Chihaya matures throughout the work, just like the manga delves deeper into harder themes like human experiences, androids, sin, incests, death.

Chihaya and Kagetsuya are both such beautiful and flawed characters, and their slow descent to Love that transcends their capabilities of holding back from expressing it is riveting, emotional.

When they have sex it’s beautiful, it’s ethereal, it’s beyond this world, it is treated delicately and the transitions and the panels are so gorgeous.

I love this era of her artwork, before her art changed to more deformed like in Loveless, you can tell its age, and such a bold story to tell.

When Chihaya tries to atone for his “sin”, as perceived by Eden, in order to protect Kagetsuya I just. 😭

I don’t have enough words, really. My heart goes out for him, and for Kagetsuya. It also reminds me that Chihaya has a beautiful, caring, loving soul, and it’s why he’s still trying to help his fellow angels from the Black Cancer.

Earthian doesn’t follow just them two either, the cast is big. In particular, Taki’s tale is beautiful, sad and its message is so important. What DOES make one human? Our infinite capacity for hatred? For evil? For disregard of life and the planet without qualms? Or is it love, affection, passion, tears?

You’ll also get to know why Michael and Raphael appear so much throughout the story, and the true purpose of the angels, and the minus and plus checking.

Earthian does in 4 volumes what 100+ chapter series can never hope to achieve, it is not about quantity, it is about impact, the approach and the hand behind it. Yun Kouga has a sensibility that shines through, and she never makes a single story throughout this series that isn’t relevant, interesting or poignant.

It all culminates about war, about justice, about what is right and wrong, and who has the right to decide extinction, death for a large group of beings? Who has given us, or any other creature, such power or right?

And don’t let this work deceive you, this is not the common “all male” cast, in fact the strongest characters are the females, and there’s a lot of them. I find I can’t hate any of them, not just because they’re strong, emotionally or physically, but because Yun Kouga shows both sexes being what they’re, flawed. There is no “all girls are evil”, or bitches, nor all the guys falling into it. Let’s just say this isn’t a manga with tropes.
If you don’t choke up, cry or feel emotional by the end of Earthian, then it’s message of love is not for you. Because that’s what the message is in this series, love for family, love for mankind, love for animals and species, love for the planet and universe. And maybe it sounds cliche, but trust me that the way it is delivered and executed does it in the best way.

This is pretty angsty in the second half but it’s because the subjects it broaches are darker and harder, so it figures.

I really do advise everyone to read this if this sounds like something you’d like to. I find you can’t go wrong with Earthian, but it’s so unique there isn’t many mangas like it, so it isn’t a mainstream work. It’s thought provoking, and subversive, so get on it because we need more works like this.

Have you read this title yet? Is your opinion different? Or did you feel the same as me? What was your first experience with Yun Korea? I’m curious, tell me all!

Buy Me a Coffee at ko-fi.com

Christmas DlC 30% Off and New Route Incoming for Ray in Mystic Messenger

Cheritz has come out with some good news, so I figured I’d make a post about it in case yall didn’t pay attention or didn’t see it 🙆

First let’s talk about what they’ve added that’s already available.

There’s a new feature when you login on the game where you receive messages from one of the characters, they’re christmas themed and can only be seen for this period of time 😉

Second, Christmas DlC from 2016 is back and 30% off for those that haven’t bought it yet. Sadly, I’ve long bought it so I can’t take advantage. It’s a good deal for all the new players though! 👌

I’m a bit bummed they aren’t going to add another Christmas story, but at least it shows Cheritz isn’t just trying to milk the players 😄

Now for the important and very needed news, RAY IS GETTING A ROUTE IN ANOTHER STORY WOOOO 🎉🎊🎉🎊🎉🎊🎇🎆🎇🎆🎇🎆

I’ve long wanted and waited to give Ray all the love he deserves, I hope he receives the best of good endings because he really needs it after all the bad endings and the true ending 😥

While I’m ecstatic, I do hope they are going to do justice to him. I wasn’t very happy or fond of what happened with V’s route, but it’s what happens when something you’ve thought about for a year materializes. We gotta accept it 😖

I don’t have hourglasses after the insane price of V’s route, so I do hope his route is already included and we don’t have to pay more 😅

Source: Cheritzteam.tumblr.com

Are you excited to play Ray’s route? Or are you going to pass on it? Do you have your cash or hourglasses ready for him? Tell me everything! 😊

Buy Me a Coffee at ko-fi.com

Hold My Hand as I Take You on a Japanese Learning Journey From Zero to Senpai

japanese-flag-3ft-x-2ft-hanging-japan-flag-polyester-standard-flag-banner-64-96cm-flag-nn01300005

So my goal with this post is to help you learn Japanese using only free resources because other lovely people like Leaf, are doing real good job using the Genki books, so do check out her posts here! Her first post is hilarious and brings lots of good points, so check it out, here.

Let’s assume you’re an absolute beginner. You’re new and fresh and you want to start learning the language, but you’re poor or don’t even know if you’d like it, and books sound expensive or not the type of thing you enjoy. There’s a barrage of information and you have no idea where to start or what do. Well I’ve gotchu boo, just take my hand and let’s start this trip!

Continue reading

Impressions: Sadistic Beauty is a great FemDom Led Webtoon with Sub Guys

What happens when two guys and a dashing girl meet? Beats me, but it doesn’t sound romantic. Or does it? Depending on your definition of romantic, Doona’s sadistic ways might be the most romantic thing a guy could want!

From Lezhin

Warning: some racy content here, but I chose no graphic/porn ones though the webtoon does have it.

Oof, what a mouthful of a title, but I’ll explain for those that don’t know what femdom is. Femdom is female Dom, and sub is submissive. Basically these are BDSM terms and this korean webtoon is all about it.

I realize that synopsis doesn’t explain much, which is why I’ll try to give a better synopsis.

Doona moves back into her brother’s apartment, which he’s sharing with a friend called Haesol. Haesol gets kicked out of the room and starts living in the living room and sleeping in the sofa. Push comes to shove and Doona ends up doing pervy things to him like making him wear her pink panties, and escalates to spanking, tied up with leather cuffs, some full on frilly clothes like a corset. But that’s not all, you see Doona is not after a boyfriend, or romance, but Haesol is in love with her.

Continue reading